sábado, 2 de abril de 2011

Dígrafos

Dígrafos
De maneira geral, cada fonema é representado, na escrita, por apenas uma letra.
Por Exemplo:
lixo - Possui quatro fonemas e quatro letras.
Há, no entanto, fonemas que são representados, na escrita, por duas letras.
Por Exemplo:
bicho - Possui quatro fonemas e cinco letras.
Na palavra acima, para representar o fonema | xe| foram utilizadas duas letras: o c e o h.
Assim, o dígrafo ocorre quando duas letras são usadas para representar um único fonema (di = dois + grafo = letra). Em nossa língua, há um número razoável de dígrafos que convém conhecer. Podemos agrupá-los em dois tipos: consonantais e vocálicos.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Interessante, bem explicativo. É bom encontrar pessoas preocupadas em interagir e passar conhecimentos. Belo blog, parabéns!

    ResponderExcluir